A Telebrás iniciou a seleção dos provedores de internet interessados em serem parceiros do governo federal na implementação do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Os que forem cadastrados terão que oferecer acesso ao usuário final com velocidade mínima de 512 kbps a um preço de 35 reais. Segundo a estatal, 550 empresas já estão inscritas no plano.

Confira a matéria na íntegra no ComputerWorld.