Compartilhando mais uma “pedreira” resolvida no dia-a-dia.

Volta e meia um ou outro cliente reclama que as URLs do registro de navegação (access.log) do SQUID não estão sendo gravadas de forma COMPLETA, ao invés de gravar “https://lhsiqueira.wordpress.com/wp-admin/post-new.php?id=123456?category=25” grava apenas “https://lhsiqueira.wordpress.com/wp-admin/post-new.php“, omitindo as strings de consulta “id=123456?category=25”. Isso acontece devido a uma preocupação dos desenvolvedores do SQUI Proxy Cache com a privacidade dos usuários da rede, e até compreendo tal preocupação, mas no fim das contas, a administração e acesso a esses registros não é de competência dos administradores de rede e/ou gerência de TI? SIM. Então vamos habilitar esse registro completo.

Para tanto, basta editar o arquivo de configuração do SQUID (geralmente em /etc/squid/squid.conf), procurar pela variável strip_query_terms, descomentá-la e definir seu valor como “off“, isso mesmo, “off“! Ficando:

strip_query_terms off

Após isto, basta reiniciar o SQUID (killall -HUP squid).

Para quem utiliza o SARG (Squid Analysis Report Generator) e deseja que o mesmo também grave os registros completos em seu relatório, basta editar seu arquivo de configuração (geralmente em /etc/squid/sarg.conf ou /etc/sarg/sarg.conf), procurar pela variável long_url, descomentá-la e definir seu valor como “yes“, ficando assim:

long_url yes

Após isto, na próxima vez que sua rotina de geração de relatórios for executada (CRONTAB, você tem, certo? :/), já irá gerá-los com a URL completa.

Bom, espero ter contribuído.
Abraço