De acordo com o IDG Now, um novo cavalo-de-tróia, ainda sem nome, começou a se espalhar via o Windows Live Messenger, da Microsoft, e já infectou cerca de 11 mil PCs em menos de 24 horas, informou a empresa de segurança Aladdin Knowledge Systems.

“Ainda não sabemos o que ele faz, mas no momento está criando um exército de bots”, declarou Roei Lichtman, diretor da Aladdin. “No final, é claro, vai enviar comandos para este exército para fazer alguma coisa”.

Os usuários do Windows Live Messenger, programa de mensagem instantânea da Microsoft, recebem uma mensagem com um arquivo Zip que pode conter o arquivo malicioso.

Como outras pragas virtuais espalhadas via software de mensagem instantânea, a ameaça chega via os contatos do software armazenados pela pessoa.

As ameaças online por meio de softwares de mensagens instantâneas ainda são raras, quando comparadas aquelas que se espalham via e-mail.

Veja aqui a matéria completa e outras relacionadas