Mais um passo nessa guerra! Parece mesmo, que nós, Administradores de Redes e Sistemas estamos cada vez melhor combatendo os ataques digitais nas redes de computadores. Hoje  (14/11), a Agência FAPESP publicou que o CAIS (Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) registrou uma queda de 59% nos incidentes de segurança envolvendo as redes de computadores das comunidades acadêmica e científica brasileiras no terceiro trimestre de 2007 em relação ao mesmo período de 2006.

Foram detectados e tratados pelos técnicos da RNP 8.080 incidentes de segurança, 11,6 mil a menos do que no terceiro trimestre do ano passado.

Dos incidentes, 49,12% referem-se a envio de spam em grande escala, 18,57% a tentativas de invasão de sistemas e 13,89% à propagação de vírus e worms (programa auto-replicante que, diferentemente de um vírus, não precisa de um programa “hospedeiro” para se propagar pelo computador) por meio de botnets (computadores infectados e controlados a distância por atacantes).

Também foram tratados 225 casos de troca de páginas, em que o atacante substitui o conteúdo original de uma página web ou inclui conteúdo não autorizado no site atacado, e ainda 88 casos de phishing, ataques que têm por objetivo obter dados confidenciais de usuários.

Veja aqui a matéria completa